Além do espetáculo

144 de 365

Leave a comment

20130527-004725.jpg

 

Qual é a decisão mais difícil? A que menos pessoas tomam ou as que a maioria toma, mas que são muito mais difíceis de lidar?

O que é a verdadeira força de vontade? Tomar a decisão que menos pessoas tomam ou aguentar, dia-a-dia, ser mais um no meio de tantos? Ter a força de se manter em uma rotina religiosamente minada de problemas? Qual é o esforço necessário para não enlouquecer depois de uma semana de trabalho?

Como eu conseguiria trazer alguém aqui para dentro, onde tudo é tão caótico, patético, solitário? E porque quando há o confronto com o externo, tudo que está dentro é tão pequeno?

É possível se importar verdadeiramente com alguém? Como explicar para alguém o peso das dúvidas, a dor do desespero, o aperto no peito do medo, a vertigem do fracasso?

Author: Eduardo Souza

Talvez nunca vivesses nem estudasses nem amasses nem cresses, porque é possível fazer a realidade de tudo isso sem fazer nada disso. alemdoespetaculo.wordpress.com animusmundus.wordpress.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s