Além do espetáculo

A (in)Justiça

Leave a comment

ou 66 de 365

Tenho visto eclodir pelo Facebook muitas mensagens de revolta acerca de diversos assuntos. Não quero entrar na questão da efetividade desse tipo de discussão em um ambiente virtual, mas gostaria de adotar uma posição ingênua e otimista.

Uma posição que crie esperanças de que o nosso poço seja mais raso, para que não precisamos ir tão fundo para lutar por mudanças. Em todos os âmbitos, temos nos deparado com injustiças de todos os aspectos, incongruências absurdas, paradoxos morais risíveis. Muito tem se discutido, principalmente aqui em Recife, onde os poderes se declararam mafiosos através de seus atos corruptos e escancarados.

Mas ainda há esperança. Ainda há resistência. Que tudo isso catalise uma mudança, porque não há muito mais tempo. A todo segundo, estamos decidindo nossos destinos e moldando nossas ficções reais tanto pessoais quanto coletivas.

Só não quero que nossa Justiça seja, além de cega, muda. Pois Justiça muda é uma janela aberta para as moscas corruptas que já infestam nossa sociedade.

Image

Author: Eduardo Souza

Talvez nunca vivesses nem estudasses nem amasses nem cresses, porque é possível fazer a realidade de tudo isso sem fazer nada disso. alemdoespetaculo.wordpress.com animusmundus.wordpress.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s