Além do espetáculo

Indizível

Leave a comment

ou 55 de 365

Despedidas são momentos incríveis. Tristes, de certo modo, mas incríveis. Pode parecer fraqueza, mas sempre sinto água invadir minha visão em momentos despedidas. Sou a pessoa mais a favor da mudança, mas sou também aquele que mais tende a resistir a ela; odeio pensar o passado e amo a nostalgia.

Mas, sim, as despedidas criam auras mágicas, etéreas demais para serem descritas, mas fáceis de serem inspiradas no ar que cerca; confissões, declarações, perguntas e previsões todas se misturam entre si numa egrégora que faz o relógio girar bem mais rápido. Embora frágeis, entretanto, as memórias marcam a ferro nossa vida, nossa identidade, nossa história.

É naquele olhar, é naquela palavra que está tudo. Não se engane, de todo modo: uma despedida sempre é uma chegada. Chegada de novas oportunidades, de nova vida. Só tenha cuidado e carinho ao escolher quem vai levar com você para essa nova chegada ou deixar nessa breve despedida. E, porque não, toda despedida é uma infinitude de liberdade que cabe só a você decidir.

20130226-051803.jpg

Author: Eduardo Souza

Talvez nunca vivesses nem estudasses nem amasses nem cresses, porque é possível fazer a realidade de tudo isso sem fazer nada disso. alemdoespetaculo.wordpress.com animusmundus.wordpress.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s