Além do espetáculo

Crônicas de domingo

Leave a comment

ou 48 de 365Image

Algumas vezes, pequeníssimas coisas me impactam bastante. Não sei se isso é bom ou ruim – sequer sei se precisa ser um ou outro – mas eu só sei que é assim. E, assim, me sinto meio estranho, meio bobo ao me colocar fora de mim, nem que seja por um piscar de olhos. Por isso que acho que é difícil para mim olhar para trás.

Hoje, não sou mais aquele que agiu no passado e eu sempre acabo me achando idiota por ter feito o que fiz, tomado as decisões que tomei. Não é que o que passou me assombre; não, eu não tenho nenhum remorso. Mas eu tenho uma boa dose de vergonha alheia daquele homemmeninorapazcara que teve a coragemidiotice de fazer aquelas coisas.

Author: Eduardo Souza

Talvez nunca vivesses nem estudasses nem amasses nem cresses, porque é possível fazer a realidade de tudo isso sem fazer nada disso. alemdoespetaculo.wordpress.com animusmundus.wordpress.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s